5 maneiras de ganhar um troco na internet

A internet mudou as relações de trabalho; aproximou fabricantes e consumidores, prestadores de serviços e clientes, quebrou fonteiras e revolucionou diversos mercados. Isso, porém, fez com que as pessoas pensassem que ganhar dinheiro na internet é um truque, uma mágica, um misticismo, uma barganha ou o que diabos se pense.

Na verdade você só pegou as relações de trabalho e levou para um espaço virtual. É isso que a internet fez. Nada além disso. Claro que, nesse processo, novas atividades são criadas, outras se tornam obsoletas – alguém aí ainda faz curso de datilografia? – mas o fato é que nenhuma receita nova foi adiciona à fórmula; apenas um meio de comunicação mais ágil foi inserido.

Mas enfim, nesse cenário e nesse contexto, como a gente pode aproveitar pra faturar uma graninha na internet?

Atividades pra ganhar uns trocados na internet

 

Responder pesquisas

Sites como o www.mysurvey.com oferece uma quantia interessante para pessoas que estejam interessadas a dedicarem o seu tempo em ajudar empresários a afinarem seus produtos e suas propostas. Você faz o seu perfil e eles enviam algumas pesquisas pra você responder, que se enquadrem aos consumidores que as pessoas procuram. Claro, ninguém vai viver disso, mas dá pra pagar a cerveja

 

Vender quinquilharias

O Ebay e o MercadoLivre possuem lojas e profissionais que se dedicam 100% do tempo às transações comerciais oriundas nesses sites, mas você não precisa ser um comerciante profissional pra faturar unzinho por lá. Tem sempre alguma bugiganga, tranqueira ou bagulho, novo ou antigo parado aí na sua casa que você pode se livrar e encontrar quem pague algum dinheiro. Dá uma vasculhada no armário – esses sites são verdadeiros brechós online.

 

Trabalhos artísticos

Se você sabe desenhar, escrever bem, pintar, fazer artesanato, origami, dobradura, pintar vidro, dobrar celofane, ou qualquer trabalho manual e artístico, sites com o www.fiverr.com podem transformar você em um verdadeiro hiponga capitalista virtual do século XXI. Você pode oferecer os seus talentos e produtos por 5 dólares – inicialmente – e depois expandir esse seu negócio para vendas casadas – que são crimes no Brasil, mas o mundo afora parece curtir – nada de mclanche feliz com brinquedinho – o brinquedinho deve ser vendido separadamente.

 

Trabalhos técnicos

Se você manja de design, webdesign, webmarketing, programação de apps, de softwares, de robôs, de inteligência virtual ou do que quer que seja bem técnico, avançado e diferentão, você pode faturar uma grana em sites como o http://www.upwork.com – antigo Odesk – ou até no www.freelancer.com. Esses sites reúnem gerentes de projetos e pessoas com habilidades técnicas de maneira que todos possam criar uma rede de trabalho, de ganha ganha, no qual sempre quem faz a parte técnica trabalha mais e ganha menos. Mas, de novo, são ótimas maneiras de descolar um trocado no seu tempo livre.

 

Montar o seu blog

Muita gente tem arriscado isso – assim como nós aqui. Montar um site 100% original, de conteúdo exclusivo e contar com a qualidade do seu trabalho para partir em busca de anunciantes e produtos que possam gerar uma renda de acordo com a quantidade de público que você mobilize nas suas páginas. É um pouco mais trabalho sim, mas ainda assim é uma maneira que pode render uma boa grana. Você pode monetizar as suas páginas com o Google Adwords, com esquema de afiliados estilo www.hormart.com.br ou www.jvzoo.com ou ainda procurar anunciantes diretos, que é a maneira que nós escolhemos aqui. Preferimos negociar com pessoas do que com algoritmos, mas isso é algo extremamente pessoal. Cada um cada um.

 

E você? conhece mais alguma dica pra dividir com o pessoal do blog a respeito de como faturar mais um troquinho por mês na internet? Compartilha com a gente, comenta, deixa a sua mensagem aí embaixo. Bora começar uma discussão saudável!

Além da opção de ganhar uma graninha na internet, você sabia que se cadastrar no Nota Fiscal Paulista também pode de dar uma graninha extra. Da um olhadinha no site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *