Como Saber Se Tenho Direito Ao PASEP

No artigo de hoje vais ficar a saber Como Saber Se Tenho Direito Ao PASEP, no nosso guia completo.

Alguns trabalhadores têm direito ao abono salarial do PIS/Pasep, pago anualmente pelo governo federal.

Para o mês de janeiro, o Banco do Brasil identificou cerca de 277 mil trabalhadores com direito ao abono salarial do Pasep, totalizando aproximadamente R$ 263 milhões. Para os meses de fevereiro e março, o banco identificou cerca de 1,1 milhão de trabalhadores, com um volume de recursos de R$ 1,05 bilhão.

Os créditos começam no dia 19. O primeiro lote é para quem nasceu em janeiro ou fevereiro ou tem a inscrição final 5.

Como Saber Se Tenho Direito Ao PASEP

Como Saber Se Tenho Direito Ao PASEP
Como Saber Se Tenho Direito Ao PASEP

Antes é preciso saber se o trabalhador realmente tem direito a receber. Para isso é necessário atender a alguns critérios específicos definidos pelo governo federal, entre eles trabalhar com carteira assinada há pelo menos cinco anos.

Os profissionais de todo o país que se enquadram nos critérios de recebimento do benefício devem ficar atentos a como consultar o saldo. Os saques podem ser de R$ 88 a R$ 1.045, de acordo com a quantidade de dias trabalhados durante o ano base, que neste novo calendário é 2019.

Como Saber Se Tenho Direito Ao PASEP? Tem direito ao abono, considerado um 14º salário, quem trabalhou com carteira assinada no ano-base, recebendo, em média, até dois salários mínimos. Além disso, é preciso estar cadastrado há cinco anos no programa e ter ficado, no mínimo, 30 dias em um emprego formal, com registro na carteira de trabalho.

Para saber se tem direito ao abono salarial, é possível fazer a consulta das seguintes maneiras:

Pasep (servidor público):

  • pelo site do Banco do Brasil podes consultar se tens direito ou nao
  • pelos telefones da central de atendimento do Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas); 0800 729 0001 (demais cidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos)
  • nos postos da Superintendência Regional do Trabalho, antiga DRT

O valor do benefício varia conforme a quantidade de meses trabalhados. Só recebe um salário mínimo quem trabalhou um ano inteiro. Os demais ganham cotas conforme o número de meses em atividade. Pronto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *